Pular para o conteúdo

Índia lança 1ª teste para missão tripulada Gaganyaan de 2024

Compartilhe:

A Índia realizou seu primeiro grande teste, nomeado de TV D1, antes da estreia nas missões espaciais tripuladas, pela Gaganyaan. Esse fato aconteceu na manhã de sábado (21/10) para verificar a resposta do sistema de escape de emergência da nova cápsula de tripulação. Foi constatado que o veículo é capaz de se afastar do foguete caso haja algum imprevisto no lançamento.

lançamento teste TV D1 Índia
Lançamento do TV D1. Imagem: ISRO

Está programado que a Índia lance sua primeira missão com astronautas para a órbita da Terra em 2024 e a capacidade da cápsula em transportar os tripulantes para segurança em caso de problemas é crucial. No teste de sábado, uma versão do módulo de tripulação Gaganyaan (CM) junto do sistema de escape de tripulação (CES) foram enviados do Centro Espacial Satish Dhawan às 10 da manhã no horário local (1h30 am em Brasília), na ilha de Sriharikota, próximo à costa sudeste da Índia.

O módulo de tripulação foi lançado no topo de um foguete de estágio único e construído exclusivamente para esse teste. Já na missão orbital Gaganyaan, a cápsula será enviada por um poderoso foguete Mark-3, também da Índia.

O plano para o teste era de que o CM junto do CES se soltassem do foguete quando atingissem altitude próxima de 12 quilômetros, e após isso, o CES acionasse seus motores de escape. Além disso, o CM e o CES deveriam se separar em altitude de aproximadamente 17 quilômetros, em seguida o CM acionaria o paraquedas para descer em segurança até o mar, com pouso em cerca de 10 quilômetros da costa de Sriharikota.

Segundo a Organização Indiana de Pesquisa Espacial (ISRO), todos os passos do teste foram realizados com sucesso.

“O voo de teste da missão Gaganyaan TV D1 foi concluído. Sistema de Escape da Tripulação executado conforme planejado. Mission Gaganyaan começa com uma nota de sucesso.”, escreveu a ISRO em sua conta da rede social X.

A Índia está se desenvolvendo rapidamente quanto ao programa espacial. Em agosto o país foi o primeiro a realizar um pouso suave no lado oculto da Lua, com a sonda Chandrayaan-3. O país também tem mais objetivos ambiciosos quanto as missões tripuladas e planeja estabelecer uma estação espacial em órbita da Terra até 2035, além de enviar astronautas até a Lua até 2040.


Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *