Pular para o conteúdo

Banco Central explica como o Drex (Real Digital) será usado

Compartilhe:

O Drex, nome usado para representar o Real Digital, está em desenvolvimento pelo Banco Central do Brasil (BCB), e a expectativa é de que seu lançamento seja feito no final de 2024. Mesmo que esse prazo ainda esteja distante, o BCB explicou como ele poderá ser usado na rotina dos brasileiros.

Drex real digital no celular -
Imagem: Shutterstock

A explicação foi feita em vídeo, onde algumas perguntas comuns foram respondidas. O Real Digital tem por objetivo principal o de facilitar contratos, como de empréstimos, aluguel ou compra de imóveis e automóveis, investimentos e mais.

Todas essas operações podem ser iniciadas a pedido do usuário comum atualmente, porém elas são complexas e dependentes de muitas áreas, como cartórios, instituições financeiras e repartições públicas, o que as tornam caras e demoradas.

“O DREX irá juntar tudo em um só lugar, fazendo com que esse tipo de negociação seja mais rápido, mais seguro e mais barato”, informa trecho do vídeo publicado pelo BCB sobre o Drex.

Além disso, foi explicado no vídeo que o Drex poderá ser usado para fazer pagamentos simples, como em restaurantes, contas mensais e similares. Isso será possível porque essa moeda digital é a representação da moeda oficial do Brasil, o Real, porém será usada em ambiente virtual, via carteiras digitais.

Muitas pessoas tem dúvidas sobre o Drex, se ele irá substituir o Pix e qual o significado de sua sigla. Nesse caso, basta acessar o link para saber mais sobre a moeda digital.

Vídeo do BCB sobre o Drex:


Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *