Pular para o conteúdo

Jogador de CS:GO com 26.5 milhões de reais em skins é banido

Compartilhe:

StatTrak M4A4 Howls de Seacat conta milionária banida CSGO
StatTrak M4A4 Howls de Seacat

Uma das contas que mais investiram em skins no mundialmente conhecido jogo CSGO, foi banida da steam. Isso ocorreu ontem, dia 15 de setembro com o usuário Seacat, que tem aproximadamente US$ 5 milhões em skins (26.5 milhões de reais no valor de hoje).

Em primeiro momento, ele teve o acesso limitado, não podendo acessar o jogo, porém com a possibilidade de recorrer. Caso ele não recorra ou o banimento seja alterado para definitivo, ele irá perder todos os souvenirs e a quantia milionária.

Exerpas, usuário do Twitter, compartilhou algumas informações sobre o banimento com as indagações:

“”Isso está relacionado ao CS:GO?” “Possível caso de relatório em massa?” “O dono realmente trapaceou no CS:GO ou em qualquer outro jogo?” Só o tempo nos dirá mais sobre esse “banimento do jogo”. Seria uma pena perder todas essas skins. Gostaria de saber mais informações se alguém tiver conexão”

Além disso, ele compartilhou alguns dos itens mais valiosos do Seacat, como por exemplo a StatTrak M4A4 Howls com quatro adesivos iBuyPower, tendo a condição nova de fábrica.

“Os efeitos do banimento do jogo são determinados pelo desenvolvedor e devem ser consistentes com um banimento do VAC, como ser impedido de jogar online com outros jogadores e/ou trocar itens para aquele jogo”, segundo a Valve, produtora do jogo.

O motivo mais comum para banimento no jogo é quando é detectado alguma forma de trapaça, geralmente por algum software, conhecidos como cheats. Eles são proibidos porque dão vantagens desleais ao utilizador, manipulando o código original do jogo e com isso, é possível ter mira fixa na cabeça, enxergar pelas paredes e etc.

Os banimentos, porém, vão além desses motivos. Toxicidade ou reports em massa pelos jogadores de CSGO também são alguns dos motivos comuns entre os banimentos no jogo.


Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *