Pular para o conteúdo

Meta irá cobrar até US$ 14,99/mês por verificação de conta no Instagram e Facebook

Compartilhe:

Seguindo a linha do Twitter com a cobrança do selo azul, a Meta irá lançar o serviço “Meta Verified”, que dará direito ao selo verificado azul, mais visibilidade nas redes sociais, serviços de proteção de identidade e mais benefícios.

Meta Verified Instagram e Facebook selo

O valor do serviço da Meta para verificar o Instagram e Facebook está em testes por US$ 11,99 em computadores (web) e US$ 14,99 nos celulares. Sobre o serviço, Mark Zuckerberg, CEO da Meta, informou que a mensalidade irá proporcionar o selo verificado, mais visibilidade nas redes sociais, suporte priorizado e mais. O lançamento inicial será na Austrália e Nova Zelândia ainda essa semana, com lançamento globalmente em breve.

“Esta semana estamos começando a lançar o Meta Verified – um serviço de assinatura que permite que você verifique sua conta, obtenha um crachá azul, obtenha proteção extra contra falsificação de identidade contra contas que afirmam ser você e obtenha acesso direto ao suporte ao cliente.” , “Esse novo recurso visa aumentar a autenticidade e a segurança em nossos serviços.”, informou Zuckerberg.

Se alterar dados como foto ou nome, terá que passar por nova verificação

Para ter direito de assinar o Meta Verified é necessário ter pelo menos 18 anos e enviar um documento com nome e foto que correspondem à conta do Instagram ou Facebook. O serviço é bem similar ao selo verificado do Twitter, que cobra US$ 8 por mês. A Meta, porém, informa que não irá remover o selo verificado de contas verificadas antes do lançamento do serviço e que seguiram os requistos de notoriedade e autenticidade.

Outros benefícios do serviço adquirido por mensalidade destacados pela Meta, são adesivos exclusivos que podem ser usados nos Stories ou Reels e também 100 estrelas gratuitas por mês ou moedas digitais no Facebook que são usadas para dar dicas aos criadores. Além disso, quem assinar o serviço, não poderá alterar o nome de perfil, nome usuário, aniversário ou foto de perfil. Caso alguns desses dados sejam alterados, será necessário assinar novamente e passar pela verificação manual.

“No longo prazo, queremos criar uma oferta de assinatura que seja valiosa para todos, incluindo criadores, empresas e nossa comunidade em geral” , “Como parte dessa visão, estamos evoluindo o significado do selo verificado para que possamos expandir o acesso à verificação e mais pessoas possam confiar que as contas com as quais interagem são autênticas.”, a Meta informou em uma postagem do blog oficial.

Como pode ser observado, o serviço terá valor maior nos dispositivos móveis. Isso deve ser devido às comissões cobradas pela Apple no iOS e Google no Android. O valor convertido de lançamento do Meta Verified na Austrália será de 19,99 dólares australianos na web e 24,99 dólares australianos para celular. O valor do serviço para web na Nova Zelândia será de 23,99 dólares neozelandêses e 29,99 dólares neozelandêses para celular.


Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *