Pular para o conteúdo

YouTube desativará links nos Shorts para diminuir spam

Compartilhe:

O YouTube desativará os links no Shorts por conta do crescente número de spam na plataforma.

Logo do YouTube
Imagem: YouTube

A partir do dia 31 de agosto, os links contidos nos comentários, descrições e no feed vertical ao vivo não serão mais clicáveis. Com isso, a empresa acredita que diminuirá a ação de golpistas que usam sua plataforma para enganar usuários. Segundo o YouTube, muitos dos links contidos nos Shorts levam o usuário para endereços maliciosos, que podem ter malware e phishing.

Além da remoção dos links no Shorts, o YouTube removerá os ícones com links em banners no desktop, pois eles também são comumente usados com spam, segundo a empresa. Essas são alterações drásticas, pois a empresa já tem um sistema de detecção e remoção de spam.

Para não prejudicar criadores de conteúdo legítimos, o YouTube disse que irá apresentar novas formas de divulgar links. Isso é importante pois os influencers costumam utilizar a plataforma para divulgar produtos, marcas e similares.

Uma dessas novas formas de divulgação será implementada a partir do dia 23 de agosto e ficará nos perfis de criadores de conteúdo, próximo do botão “inscreva-se”. Assim, eles poderão divulgar links produtos, sites e demais redes sociais para seus seguidores, desde que sigam as diretrizes do YouTube para links externos.

Quanto ao Shorts, até o final de setembro irá apresentar uma nova forma para que criadores de conteúdo redirecionem seus seguidores para outros conteúdos do YouTube, segundo a plataforma.


Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *