Pular para o conteúdo

Adeus Ford Fiesta, fim da linha de vez para o modelo

Compartilhe esta notícia:

Ford Fiesta sairá de linha até metade de 2023 na Europa, finalizando seu trajeto no âmbito internacional, para dar lugar aos investimentos em carros elétricos pela montadora.

Ford Fiesta 2023 sai de linha
Ford Fiesta vendido atualmente na Europa

Ele foi um carro de muito sucesso no Brasil desde seu lançamento aqui em 1995. Sendo um carro popular com manutenção barata e resistente ao nosso ambiente, era visto a todo momento nas ruas. Seu sucesso cresceu com o lançamento do New Fiesta em 2010 na versão sedã e em 2011 na versão hatch.

O sucesso foi por conta do visual muito arrojado para a época e o motor 1.6 que era econômico e esperto para a cidade. Segundo a montadora, o motor do Fiesta 1.6 flex de 2019 disponível no Brasil, fazia 11,6 km/l na cidade e 14,2 em rodovias, com tinha potência de 130 cv abastecido com etanol e 125 cv com gasolina.

2019 foi o último ano do Ford Fiesta no Brasil, marcando 24 anos. Sua história desde o primeira versão, com lançamento nos EUA e outros países em 1976, será encerrado aos 47 anos e recebeu uma bela homenagem de Martin Sanders, Gerente Geral da Ford na Europa seguido de um recado:

“À medida que uma era termina no próximo verão, outra está apenas começando. #FarewellFiesta , é hora de dizer adeus ao pequeno carro que nos tocou a todos – obrigado por todas as lembranças. Mas honestamente, mal posso esperar para mostrar o que temos por vir”

#EVs #ElectricVehicles Fique ligado!”

A mensagem de Martin Sander repercutiu entre os usuários adeptos de subcompactos de forma não tão positiva. Isso porque essa categoria de carros a qual o Ford Fiesta faz parte tem muita aceitação na Europa. Alguns afirmam que é uma pena a saída de linha do modelo porque os veículos elétricos além de serem quase todos grandes, tem preço muito elevado. O fim da fabricação do Ford Fiesta aproxima muito o fim dos carros a combustão da montadora, pois ele é um dos últimos bem aceitos pelos usuários.

A Ford afirmou em 2021 que irá investir perto de 30 bilhões de dólares nas áreas do desenvolvimento de carros elétricos. O planejado é que até 2026 apenas veículos elétricos e híbridos sejam ofertados na Europa, e que até 2030 a fabricação seja exclusiva de veículos elétricos mundialmente.


Compartilhe esta notícia:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *