Pular para o conteúdo

Renault e Google fazem parceria para desenvolver veículo ajustado virtualmente

Compartilhe esta notícia:

A montadora Renault fez parceria com o Google para desenvolver um veículo que será ajustado virtualmente, pra isso será utilizado o serviço de nuvem da big tech.

Parceria Renault e Google nuvem
Renault Scenic Vision Concept abrange algumas das apostas da Renault para o futuro próximo

O planejado entre as duas empresas inicialmente é replicar digitalmente um novo veículo, para que ele seja testado virtualmente antes de ser produzido em escala. Essa técnica é chamada de gêmeo digital, que capta todas as informações sobre um objeto físico, como peso, tamanho, componentes e todas demais variantes e cria uma versão virtual fidedigna.

Esse projeto visa possibilitar a Renault desenvolver funcionalidades e fazer todos os ajustes nos veículos sem que seja necessário alterações de peças físicas. Com isso, só após todas as possíveis falhas do veículo terem sido solucionadas na plataforma virtual que será criada, o veículo será produzido na versão final.

O esperado é que isso economizará bastante tempo e recursos, pois alterações de peças em um ambiente virtual que reproduz todas as variantes do mundo real podem ser implementadas mais rapidamente e sem fabricação de novas peças físicas. A Renault irá utilizar análise de dados para encontrar e solucionar qualquer falha no veículo, isso será adaptado inclusive aos veículos elétricos.

Hoje, dia 08/11/22, Luca de Meo, CEO do Grupo Renault, afirmou acreditar que essa parceria com o Google, que terá plataformas compartilhadas entre as empresas, proporcionará acesso muito rápido a todos os dados dos veículos. Segundo ele, os veículos precisam cada vez mais de eletrônica para atender o mercado, e esse projeto irá ajudar a atender as necessidades dos clientes daqui pra frente.

A primeira vez que as duas empresas se uniram foi em 2018, onde integraram o sistema Android em centrais de mídia de veículos da Renault. Com essa nova parceria, a montadora afirma que pretende passar todo seu operacional para nuvem.


Compartilhe esta notícia:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *