Pular para o conteúdo

Ouça: NASA divulga arrepiante som de buraco negro do aglomerado de galáxias Perseus

Compartilhe esta notícia:

A maioria das pessoas acredita que não existe som no universo, mesmo em buracos negros. Porém segundo a NASA, isso é apenas um popular equívoco. Essa crença existe pois grande parte do universo é vácuo. Os aglomerados de galáxias possuem gás suficiente entre as inúmeras galáxias para possibilitar que as ondas sonoras se propaguem, segundo a agência. Fato é que os buracos negros, inclusive, tem grande parte de sua composição de gases.

Essa forma de gerar o som do buraco negro difere de todas utilizadas até hoje pela NASA

Ondas sonoras foram registradas recentemente pelo Observatório de raios-X Chandra, que é um telescópio espacial lançado ao espaço em 23 de julho de 1999 e e foram decodificadas em som audível aos humanos. A divulgação pela NASA aconteceu dia ontem, dia 5.

O aglomerado de galáxias Perseus, onde está o buraco negro em questão, está à 240 milhões e 53 milhões de anos-luz da Terra

O processo utilizado para gerar o som é chamado de sonificação, que é diferente das tecnologias utilizadas anteriormente que apenas decodificavam dados astronômicos em uma forma audível aos humanos, utilizando diferentes instrumentos como violinos e usando as ondas sonoras captadas.

A chamada sonificação difere dos esforços anteriores que simplesmente traduziam dados astronômicos em uma forma auditiva – apresentando diferentes instrumentos – mas usando as ondas sonoras reais observadas.

Som divulgado pela NASA do buraco negro do aglomerado de galáxias Perseus

O som do buraco negro parece até uma criação de filme de terror ou ficção científica. Ouça abaixo:


Compartilhe esta notícia:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Índice ↓