Pular para o conteúdo

Por que a inteligência artificial tem dificuldade em fazer mãos?

Compartilhe esta notícia:

A inteligência artificial é hoje uma das tecnologias mais usadas para a criação de artes. Existem muitas plataformas implementadas com ela e que possibilitam criarmos imagens elaboradas e com temas propostos rapidamente e sem conhecimento técnico de edição.

Entre elas estão o Midjourney e o Stable Diffusion, que usam IA generativa para transformar textos em imagens. O trabalho dessas ferramentas é impressionante, sendo capazes fazer desenhos complexos ou imagens super realistas em questão de minutos. Muitas das vezes, o resultado é tão satisfatório que levaria horas ou dias para um humano chegar nele apenas com programas de edição de imagens, isso se tiver conhecimento avançado.

Apesar de todas as possibilidades, um fato chama a atenção: a dificuldade da inteligência artificial em criar mãos. É comum encontrarmos imagens que contém pessoas ou personagens humanoides com aspecto agradável, porém com mãos nada bem feitas. Isso chama a atenção porque a inteligência artificial é capaz de reproduzir traços detalhados de animais, ler características de pessoas famosas e captar ambientes com maestria, mas os dedos humanos ainda são um problema.

dificuldade da IA em criar mãos
Mãos criadas com Stable Diffusion. Imagem: OpenArt

Um ponto que chama a atenção nesse sentido, é que desenhar mãos harmônicas também levou tempo para os humanos. A história nos mostra que os artistas dominaram a arte das mãos bonitas há cerca de 600 anos atrás, na chamada arte renascentista, que conta com artistas como e Leonardo da Vinci e Michelangelo Buonarroti.

Mão de Deus e Adão por Michelangelo Buonarroti
Detalhe da pintura “A criação de Adão”, desenhada por Michelangelo Buonarroti em por volta de 1511. Esse artista foi considerado especialista na representação da anatomia humana. Imagem: meisterdrucke.pt

600 anos pode parecer muito tempo, mas os estudos nos mostram que a expressão artística nos humanos começou há mais de 200 mil anos e se intensificou no período Neolítico (10 mil a.C.), com a arte rupestre, quando os desenhos ainda tinham menos detalhes.

Arte rupestre
Arte rupestre em Condado de San Juan, Utah, Estados Unidos. Imagem: NARA Catalog

Principais razões pela dificuldade da IA generativa em fazer mãos

Como podemos ver, a dificuldade em aprender a desenhar mãos pela IA também aconteceu com humanos, e tem algumas razões. A mão é uma das partes do corpo humano mais complexas estruturalmente, pois é a que possui mais articulações e também pode ser posicionada de inúmeras formas.

As mãos são responsáveis por várias funções, como pegar objetos, tocar superfícies, apoiar, esfregar e mais. A IA generativa utiliza dados contidos na web para aprender suas funções, como o desenho.

posições da mão
Montagem que mostra exemplos de posicionamento da mão. Imagens: Freepik

Como essa parte específica do corpo humano é responsável por várias atividades e é capaz de realizar várias posições, será necessário de mais dados e possível aprendizado direcionado para que suas representações sejam as ideais.

Além disso, nós somos muito exigentes quanto a representação da mão, pois ela é um dos principais fatores para nossa evolução e inteligência, o que torna a percepção quanto a qualidade de sua imagem ainda maior. Apesar de IA ter evoluído muito recentemente e no geral ser capaz de desenhar com maestria, podemos não perceber caso uma pessoa famosa seja representada com uma perna um pouco diferente da outra, ou mesmo caso uma montanha tenha alguma anomalia. Já uma mão com sete dedos nos chama muito a atenção.


Compartilhe esta notícia:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *