Pular para o conteúdo

Como o canal Linus Tech Tips foi hackeado junto de outros 2 do grupo

Compartilhe:

O Linus Tech Tips, grande canal no YouTube e que acumula mais de 15 milhões de inscritos, foi hackeado ontem junto de outros dois canais do Linus Media Group, que são o TechLinked e Techquickie.

canal Linus Tech Tips hackeado
Capa usada no vídeo sobre o hackeamento dos canais do Linus Media Group

Quem acompanha os canais há mais tempo percebeu que algo estava errado, pois ao invés de postagens sobre tecnologia, os canais estavam com vídeos ao vivo sobre esquemas de cripto moedas. Além disso, algum tempo após de hackeados, os canais tiveram vídeos apagados e até os nomes trocados.

Logo após perceberem que os canais estavam hackeados, os administradores do grupo entraram em contato com o Youtube e conseguiram restabelecer o controle dos canais.

Como os canais do Linus Media Group foram hackeados

A pergunta que fica é como hackers conseguirem tomar grandes canais, que possuem milhões de seguidores? O próprio Linus Sebastian, responsável pelo grupo, respondeu essa questão em novo vídeo postado no canal Linus Tech Tips.

Ele explicou que os hackers conseguiram burlar os recursos de acesso e segurança do YouTube, como senha e autenticação de 2 fatores. Isso aconteceu porque os hackers conseguiram cópias exatas dos tokens de sessão que mantém os canais logados que estavam armazenados em um dos computadores do grupo.

Linus Sebastian informa que um dos membros de sua equipe baixou o que acreditava ser uma oferta de parceria que continha um PDF com os termos da oferta. Na verdade esse PDF funcionou como isca, pois ele continha um malware que acessou e copiou os dados de usuário dos navegadores, como os tokens de sessão. Essas cópias foram exportadas pelos hackers e com isso eles tiveram acesso total aos canais, como se fossem os próprios administradores.

YouTube video

Por conta da repercussão e transtornos do ocorrido, Sebastian aproveitou para pedir ao YouTube que aumente a segurança dos canais, como quando alguém tenta excluir vídeos em massa.

Grandes canais do YouTube são hackeados com certa frequência, onde como exemplo de outro caso e que repercutiu bastante no Brasil, temos o da invasão ao Gameplayrj em setembro do ano passado.


Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *