Pular para o conteúdo

Reino Unido ordena remoção da Huawei do 5G e demais telecomunicações

Compartilhe esta notícia:

Reino Unido bane Huawei

O Reino Unido é mais uma grande potência do ocidente que proibiu o uso de equipamentos da chinesa Huawei pelas empresas de telecomunicação para prestação de serviços essenciais, inclusive na transmissão de sinal das redes 5G.

O motivo do banimento por parte do Reino Unido é similar ao dos Estados Unidos, foi alegado que há risco quanto à segurança de dados de quem utiliza as redes com esses equipamentos.

A fabricante e desenvolvedora de equipamentos tecnológicos Huawei estava em crescimento exponencial até 2018, principalmente na venda de smartphones, quando sofreu a primeira sansão aplicada pelos EUA. A empresa deve sentir outro grande impacto com essa sansão vinda de um dos maiores integrantes da Europa.

As empresas prestadoras de serviços de telecomunicação terão até dezembro de 2023 para tirar todos os equipamentos da Huawei usados em centrais telefônicas e núcleos de rede essenciais, que é onde os dados confidenciais dos usuários das redes são processados. Já em relação aos equipamentos Huawei utilizados em redes não essenciais, devem ser reduzidos em 65% até 31 de outubro de 2023 e totalmente removidos até o final de 2027. O governo do Reino Unido já notificou oficialmente 35 das principais operadoras de telecomunicação sobre isso

Alguns países, representados principalmente por Estados Unidos e Reino Unido, alertam que a utilização de equipamentos da Huawei permite espionagem por parte da China de dados confidenciais. A Huawei, por sua vez, responde desde o início que essas acusações são políticas.


Compartilhe esta notícia:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *