Pular para o conteúdo

Submarino do Titanic: Som de implosão foi detectado pela Marinha dos EUA após perda de contato

Compartilhe esta notícia:

A Marinha dos Estados Unidos informou que detectou sons similares com implosão pouco após o submarino Titan perder contato no domingo, 18/06.

submersível Titan do Titanic
Submersível Titan sendo transportado em dia rotineiro. Imagem: OceanGate

O submersível da OceanGate era utilizado em expedição para observação dos destroços do Titanic, que está a 3,8 mil metros de profundidade no Oceano Atlântico. Seu contato foi perdido logo após imersão no domingo. No total tinham cinco ocupantes no veículo, entre eles estava o fundador e CEO da empresa, Stockton Rush.

Após uma grande operação de busca, que envolveu equipes dos Estados Unidos, Canadá e também da empresa OceanGate, destroços do submarino do Titanic foram encontrados no dia 22, resultantes de uma implosão.

O contra-almirante da Marinha estadunidense, John Mauger, informou à rede CBS que os sons correspondentes com a implosão foram utilizados para cercar a área com prioridade nas buscas. Os corpos dos cinco ocupantes do Titan não foram encontrados, e segundo o contra-almirante, é possível que a Guarda Costeira dos EUA não seja capaz de localizá-los. “É um ambiente incrivelmente impiedoso”, informa Mauger.

Uma implosão é um incidente gravíssimo e com extrema chance de ser fatal. Mesmo assim, segundo a CNN, a Marinha considerou a detecção dos sons de implosão após a perda de contato do Titan não definitivo e por isso as operações de salvamento continuaram pelo período de buscas.


Compartilhe esta notícia:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *