Pular para o conteúdo

Tesla corta preços novamente em abril por conta dos créditos fiscais dos EUA

Compartilhe esta notícia:

A Tesla bateu recorde de vendas no último trimestre, e parte dessa marca tem como razão apontada a baixa de preços praticada nos últimos meses.

Fachada Tesla
Imagem: Getty Images

Com uma estratégia para vender ainda mais esse ano, a empresa realizou nova baixa de preços em seus veículos elétricos na quinta-feira, 06/04. Entre os cortes, os modelos de luxo Model S e Model X tiveram diminuição de US$ 5.000 do valor total. Já um de seus modelos mais vendidos, o Model Y, custa menos de US$ 50.000 atualmente e vem recebendo muitos pedidos.

Essa é a segunda grande baixa nos preços dos veículos da Tesla esse ano, onde em janeiro também houve corte para adequação aos novos créditos fiscais dos EUA, que vão de US$ 7.500 para US$ 3.750 para veículos elétricos a partir de 18 de abril.

Segundo o CEO, Elon Musk, esse constante corte nos preços dos veículos da Tesla diminui os lucros da empresa, porém faz parte de uma estratégia de mantê-la como a maior fabricante de veículos elétricos. Essa empresa ainda é a que mais vende carros elétricos no mundo, mas percebe o aumento constante da concorrência nos últimos anos. Isso é preocupante porque fabricantes consolidadas no mercado automotivo convencional como a Ford, Volkswagen e Chevrolet investem cada vez mais nos EVs, mesmo sem lucro substancial nesse caso até o momento, diferentemente da Tesla.


Compartilhe esta notícia:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *