Pular para o conteúdo

Rede social X competirá com todos: YouTube, bancos, apps de namoro, LinkedIn, FaceTime e mais

Compartilhe esta notícia:

O antigo Twitter, agora X, deverá se tornar um super app em breve para competir com plataformas de vários setores. Elon Musk, dono da rede social, disse em uma reunião interna que aconteceu dia 26 de outubro que “Estamos transformando rapidamente a empresa do que era, o Twitter 1.0, para o aplicativo de tudo”.

Elon Musk e a rede social X
Montagem com logo do X e foto de Elon Musk. Imagem: TeorTech

Esse desejo não é de hoje e vem sendo alimentado desde a mudança do nome da rede social, que aconteceu em julho.

Essa reunião aconteceu no aniversário de 1 ano da compra do até então Twitter por US$ 44 bilhões, e além disso, foi a primeira com participação de Linda Yaccarino, CEO do X desde maio de 2023. Apesar de não ser mais CEO de sua rede social, Elon Musk ainda supervisiona as áreas de produto e de engenharia da mesma, segundo afirmação feita na reunião.

O portal The Verge publicou a transcrição da reunião e com base nela podemos destacar seu ponto alto: a transformação do X em um super app. Com isso ele irá competir com YouTube, apps de bancos, apps de namoro, plataformas sociais focadas em negócios como o LinkedIn e mais. A transcrição da reunião da ligação com duração de 45 minutos mostra uma conversa direta entre Musk e Yaccarino.

Desde que Elon Musk comprou o Twitter muitas coisas mudaram além do nome da rede social, para X. Mesmo que o processo de mudança tenha iniciado a pouco tempo, houve muitos acontecimentos intensos. Entre eles podemos destacar as demissões de funcionários antigos e importantes da antiga gestão. Na ocasião, o empresário disse que esta foi “uma difícil revisão organizacional focada em melhorar a execução futura”.

Além disso, a nova gestão passou por grande desconfiança de anunciantes. Apesar dos obstáculos, a reunião do dia 26 de outubro deixa claro que as mudanças não vão parar tão cedo na sua rede social.

O que a reunião de 1 ano da compra do Twitter mostra sobre o futuro da rede social

Segundo Musk, o Twitter era conhecido como uma “praça digital da cidade”, título que o X ainda carrega e não é o suficiente. Para que a plataforma alcance o sucesso em seus olhos, é necessário que ela compita com grandes nomes de vários setores, como o YouTube, FaceTime, LinkedIn, apps de namoro e de bancos.

O bilionário compara a sua visão com a do WeChat, super app da China. A comparação existe, contudo Musk diz que não deseja copiar o WeChat, mas sim superá-lo.

O objetivo é que o X seja usado para realizar chamadas de áudio / vídeo; transações bancárias; contatos amorosos e profissionais conforme características pessoais e profissionais de cada um; transmissões esportivas; para assistir filmes completos e mais.

Um fato interessante sobre os contatos profissionais é que Musk parece ver grande potencial nesse sentido. Segundo ele, já realizou muitos recrutamentos pela plataforma.

Mesmo com o difícil caminho da nova gestão, o empresário tem uma visão otimista quando ao X e diz que “Acho que esta é a taxa de inovação mais rápida de todos os tempos para qualquer empresa de Internet”. Musk menciona durante a reunião que a rede social conta com mais de meio bilhão de usuários ativos mensais e que fazem mais de meio bilhão de publicações por dia.

Ele também informa que a rede social recebe aproximadamente um milhão de novos usuários e o tempo em que o usuário passa na plataforma tem aumentado. Segundo ele, o desejo é de que o tempo em que cada usuário permanece na plataforma aumente, porém com qualidade e não como um tempo aparentemente gasto à toa.


Compartilhe esta notícia:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *