Pular para o conteúdo

Twitter pede que alguns funcionários retornem após demissão em massa

Compartilhe esta notícia:

O Twitter está entrando em contato com alguns funcionários demitidos no começo de novembro de 2022 para que retornem a trabalhar na empresa. A demissão em massa mandou embora cerca de 3700 pessoas.

prédio Twitter

O Bloomberg publicou um relatório onde fontes afirmam que o Twitter informou a alguns funcionários que eles foram demitidos por engano. Coincidência ou não, alguns dos funcionários demitidos que estão sendo chamados de volta, eram contra recursos que Musk quer implantar na rede social.

Casey Newton afirmou que foi solicitado a alguns funcionários que não foram mandados embora, que fizessem listas com colegas demitidos mas que deveriam ser contratados novamente. Pessoas de várias áreas do Twitter foram demitidas após a compra da rede social por Elon Musk, inclusive de departamentos de gerência e demais cargos fundamentais ao funcionamento da plataforma.

“Várias fontes e conversas no Twitter Blind agora dizem que a empresa começou a entrar em contato com algumas pessoas que demitiu ontem pedindo que voltassem. Opa!”, disse Newton.

Foi prometido muitas mudanças na rede social e em prazo muito curto após a compra por Elon Musk. Entre as principais mudanças, está o Selo de Verificado para todos que aceitarem pagar, que causou muito burburinho na internet. Além disso, foi prometido tweets com mais caracteres e adição de vídeos e áudios mais longos aos assinantes do Twitter Blue.

Alterações como essas necessitam de muita organização técnica e suporte, coisa que o novo dono da rede social pode ter percebido que seria difícil manter sem os funcionários mais experientes que foram demitidos.


Compartilhe esta notícia:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *