Pular para o conteúdo

Harvard agora tem professor chatbot com IA para ciência da computação

Compartilhe esta notícia:

Que a inteligência artificial está cada dia mais presente em nossas vidas, como por meio de assistentes virtuais e mapas, não há como negar. Porém a renomada Universidade de Harvard, situada em Massachusetts, Estados Unidos, foi além e agregou um professor chatbot por inteligência artificial, com nome de CS50 bot, na matéria de ciência da computação.

Apresentação do professor por IA CS50 bot em Harvard
Apresentação do professor por IA CS50 bot aos alunos da Universidade de Harvard pelo professor David J. Malan, de ciência da computação. Imagem: Universidade de Harvard

O professor chatbot ficará disponível 24 horas por dia, todos os dias da semana. A universidade já encoraja seus alunos da Ciência da Computação 50: Introdução à Ciência da Computação (CS50) a utilizarem o professor chatbot para criarem ou corrigirem códigos e solicitarem conselhos para projetos a partir do segundo semestre desse ano.

Sobre isso, o professor de ciência da computação de Harvard, David J. Malan, disse ao The Harvard Crimson que “a nossa própria esperança é que, através da IA, possamos eventualmente aproximar uma proporção de 1:1 professor / aluno para cada aluno no CS50, fornecendo-lhes ferramentas baseadas em software que, 24 horas por dia, 7 dias por semana, podem apoiar a sua aprendizagem a um ritmo e um estilo que funcione melhor para eles individualmente”.

Segundo Malan, O CS50 bot é um chatbot desenvolvido com modelo de linguagem na própria Harvard. Ele afirma que o novo professor por IA da universidade é similar às ferramentas como o ChatGPT e GitHub Copilot, porém ele irá “orientar os alunos a uma resposta, em vez de as dar”.

Entusiastas da ciência da computação que não são estudantes de Harvard também poderão utilizar os recursos do CS50 bot por um site oficial da universidade. Esse site informa que “mesmo que não seja aluno de Harvard, pode fazer este curso gratuitamente, ao trabalhar nas onze semanas de material do curso”.


Compartilhe esta notícia:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *