Pular para o conteúdo

Páginas verificadas por hackers no Facebook estão anunciando na Meta

Compartilhe esta notícia:

Páginas com conteúdo malicioso são criadas todos os dias no Facebook, desde sempre. Porém ultimamente, os donos dessas páginas estão mais ousados, criando anúncios na Meta até como se fossem páginas oficiais do Facebook.

Meta Facebook

Isso foi relatado dia 4 desse mês por Matt Navarra no Twitter, onde podemos observar uma conta com nome de Meta Ads e com selo de verificação, compartilhando links suspeitos para seus seguidores, além turbinar as publicações via anúncios pagos.

Outro caso que chama a atenção é o da conta que pertencia à cantora e atriz indiana Miss Pooja, com mais de 7 milhões de seguidores que foi hackeada.

Após os golpistas terem o acesso dessa conta, eles mudaram o nome dela para Google AI, e compartilharam links falsos que prometiam liberar acesso ao Bard, ferramenta de IA do Google.

Como o que parece ser uma forma combater os golpes por meio de hackers, o Facebook agora exibe um histórico de alterações nos nomes de contas verificadas, isso possibilita aos usuários checarem se uma conta alterou muitas vezes o nome, que é uma atitude bastante suspeita.

O que é mais estranho nessa recente onda de golpes na rede social não é o fato de grandes contas verificadas terem sido hackeadas. Isso não é bom, porém acontece com frequência, por diversos fatores, como o phishing (roubo de contas online via links maliciosos).

O que é realmente estranho é esses anúncios terem sido aprovados pelo sistema automático do Facebook com nomes de grandes empresas, como a própria Meta, e veiculados para milhares e até milhões de pessoas.

A Meta passa atualmente por um grande desafio quanto a golpes contra seus usuários, onde além desse feito por meio de contas verificadas, recentemente os golpistas utilizaram o ChatGPT no Facebook para atrair os usuários na tentativa de eles clicassem em links maliciosos.

Quanto a segurança das contas verificadas ou de negócios do Facebook e também do Instagram, a Meta disponibilizou o Meta Verified, que dá um nível de suporte mais alto, porém que custa US$ 14,90 por mês.


Compartilhe esta notícia:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *